Diálogo

A: Quando eu deixei de ser tudo pra você?

B: Quando eu vi que a dor de viver sem você, ainda me deixava viver.

A: Mas porque viver assim, se eu sempre estive aqui por você?

B: Eu também sou seu. Sempre fui e sempre serei. Mas eu não sei viver assim.

A: Assim como?

B: Te amando. Eu sou muito fraco pra tudo isso. Não tenho força nem coragem pra lutar por tudo isso.

A: Se você não consegue lutar pelo amor da sua vida, vai conseguir lutar pelo o que?

Saudade

O amor veio me falar sobre a tal da saudade. Que a falta que alguém faz é sentida como ‘saudade.

Algo tão forte, que quase se iguala a ele, o amor.

É tão escuro aqui

Eu tenho medo do escuro, ele que me traz a maior dor.

A dor que é colocar a cabeça no travesseiro e lembrar de tudo o que passei,

de ver como fui feliz e hoje já não sou mais.

Dormir já não é mais tão tranquilo,  e talvez seja por isso que eu passe tantas noites em claro.

O que mudou? Porque tanto medo?

O medo tomou conta, porque eu não tenho teus braços aqui em volta de mim. O meu porto seguro se foi.

Se vai embora, vá de uma vez. Saia dos meus pensamentos e do meu coração, sair só da minha vida não basta.

Amor? Limite?

Qual é o limite para o amor?

A distância ou a sociedade?

A dúvida ou o medo?

O amor tem limite?

O amor tem limite ou você é fraco demais?

É o amor que tem limite ou é você?

 

De novo?

Eu te senti

Eu te vivi

Eu tive teu cheiro

Eu tive você

Eu tive tudo

Mas você se foi, sem explicar.

E agora porque questionar tudo?

Se você não vai voltar

Se eu não vou mais te sentir

Se não vou mais te viver

Se teu cheiro já se foi

Errar?

Errar?!? todo mundo erra.

Não vai ser a primeira, nem a ultima vez.

E o perdão?!

Eu só queria…

Poder dizer. Poder rever. Poder amar.

Eu só queria poder… ouvir tua voz sem sentir raiva.

Queria ter tudo de volta.

Brigar de novo, mas ter de volta.

maseuseiquevocênãovaivoltar.